CARBOIDRATO ENGORDA?

Faça boas escolhas, equilibre a alimentação e perca peso de maneira saudável


O carboidrato parece ser o grande vilão de quem deseja perder peso. Por isso, muita gente decide simplesmente cortá-lo da alimentação. “Não é saudável excluir completamente esse nutriente da dieta, uma vez que ele é responsável por fornecer energia para o corpo. O seu consumo limitado pode levar a um estado metabólico chamado cetose, que causa dor de cabeça, fraqueza, desidratação, tontura, mau hálito e odor diferente na transpiração”, afirma Patrícia Bertolucci, nutricionista esportiva da PB Consultoria em Nutrição.
Ao cortar o carboidrato da alimentação, o corpo irá procurar outras fontes para fornecer energia, como a proteína ou a gordura. “Dessa forma, haverá perda de massa magra, e não de gordura. Ou seja, perde-se músculos e ganha-se flacidez”, alerta a nutricionista funcional Gabriela Fregolente.
Escolha correta
Existem dois tipos básicos de carboidratos: o simples (refinados como pão francês, arroz e massa branca) e o complexo (integrais). “O que muda entre eles não é o valor calórico, mas sim a qualidade. Os integrais dão maior sensação de saciedade e possuem fibras e vitaminas, sendo assim os mais indicados para quem quer emagrecer”, explica Gabriela.

Uma alimentação equilibrada exige o consumo de carboidratos à noite para que o organismo possa funcionar bem. Se forem bem distribuídas ao longo do dia, as porções podem ser menores ou até cortadas nesse período, no caso das pessoas que desejam emagrecer.
“À noite, o ideal é consumir carboidratos de baixo índice glicêmico, que não elevam rapidamente os níveis de açúcar no sangue, já que ao dormir ficamos um longo período em jejum”, orienta Patrícia. Ela indica como opções o arroz sete cereais, quinua, pães, cereais e arroz integrais.

Mais energia para correr
Para quem pratica exercícios, o carboidrato tem um papel ainda mais importante. “O corredor deve sempre consumi-lo antes e após os treinos para garantir uma melhor performance. Nas atividades com mais de 1h de duração, é preciso ingerir géis durante a prática também”, ensina Patrícia. Além disso, o seu consumo balanceado ao longo do dia pode trazer mais rendimento.


Confira as sugestões da nutricionista esportiva Patrícia Bertolucci para melhorar o desempenho nas passadas:
  • Antes: prefira os carboidratos com baixo índice glicêmico, para não elevar a taxa de açúcar no sangue rapidamente durante a corrida. São boas opções: barrinhas de cereais, banana e pão integral com peito de peru.
  •  Durante: consumir um sachê de carboidrato em gel a cada 30 ou 40 minutos de exercícios em treinos com mais de 1h de duração.
  • Depois: para ajudar na recuperação, é recomendado consumir carboidratos de rápida absorção como arroz, batata ou massas com molhos leves de tomates frescos e legumes.
Fonte: The Finisher  


1

1 comentários:

Ludmilla disse...

Adorei o post!!!

www.ludmillamoura.blogspot.com.br

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...