Cancan Punk


Os estilistas sentem-se realmente livres para criar em suas coleções de alta-costura. Sem a pressão de elaborar peças que precisem estar nas araras das lojas para vestir a um grande número de consomidores, eles arriscam mais. Elaboram medidas próprias, exclusivas, sem tantas preocupações com o lado comercial da moda, que guia os estilistas durante a maior parte do ano. Diretor-criativo da Hermès, Jean-Paul Gaultier também tem sua linha de alta-costura, que desfilou ontem em Paris. A inspiração? A dança típica francesa cancan. Misturada com toques do movimento punk inglês. França e Inglaterra unidas na passarela mais rara das semanas de moda mundiais.


Ao estilo antigo, o estilista francês fez todas as modelos segurarem uma plaquinha com o número de suas roupas. As elegantérrimas modelos vestidas com rendas, babados e múltiplas camadas levavam perucas moicanas na cabeça, em um extremista hi-lo levado que enriqueceu ainda mais cada obra. Transparências e luvas de couro, acrescentadas aos batons e esmaltes vermelho-sangue, combinavam-se a meias-arrastão e terninhos risca-de-giz. Dois estilos que apenas um grande inventor poderia combinar causaram um efeito incrível no showroom de Gaultier. Bravo!







Beijos e Sucesso!
Andreia Napoleão.

2

2 comentários:

Shelly Eartha disse...

Gostei da meistura de estilos CanaCan e Punk.O primeiro e o anti-penultimo vestido sõ lindo. Adorei o grapeado e a renda dos vestidos. E o cabelo das modelos estava maravilhoso.

karen disse...

Adoreiiii, o cabelo estava perfeito mesmo,e as roupas mto lindass

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...