Controle tudo que termine com “ose” da dieta e emagreça mais rápido


Os três natural, tipos comuns de açúcar na dieta humana são a glicose, sacarose e frutose.

Glicose é o açúcar dividido a partir de carboidratos, como arroz, massas e batatas. 

Sacarose é o açúcar refinado de cana, ou açúcar de mesa comum.

Frutose é um componente de sacarose, juntamente com a glicose. A frutose é encontrada em muitos alimentos. Hoje, no entanto, que consomem grandes quantidades de alta frutose xarope de milho, em grande parte de alimentos processados e refrigerantes, devido ao seu baixo custo e doçura relativa elevada. Cuidado quantidades elevadas de frutose causar estragos em seu metabolismo e em sua dieta!!!

Pesquisas demonstraram que o EXCESSO de frutose está associada ao aumento dos níveis de triglicerídeos e colesterol, por também ser precursora de gorduras. Ela estimula a atividade de enzimas no fígado resultando em maior síntese de lipídeos, e, como consequência, níveis mais elevados de gorduras totais e de lipoproteínas de muito baixa densidade (conhecidas como VLDL). Então cuidado com a SALADA DE FRUTAS que consome diariamente. Mesmo sendo fonte de vitaminas, sais minerais o consumo elevado de frutose, mesmo retirado das frutas ou de produtos industrializados, podem ser maléfico para a saúde e adiar o seu sonho de corpo perfeito e seco das gordurinhas!

A frutose encontrada nas frutas podem elevar a insulina e gerar consequências semelhantes ao consumo de açúcar refinado, ou seja, você pode engordar se comer descontroladamente ou fizer uma "dieta só de frutas" . Sacarose (açúcar de mesa/refinado) , lactose (açúcar do leite) e frutose (açúcar das frutas) são todos açucares que podem gerar picos de insulina e que devem ser controlados para maximizar a perda de gordura.

Todos os alimentos “contaminados” por estes açucares são digeridos e entram na corrente sanguínea de maneira muito rápida fazendo com que boa parte seja armazenada na forma de gordura em seu corpo. Se você já tem uma quantidade razoável de gordura cobrindo os músculos, porque atrapalhar ainda mais o processo de perda de gordura ? Tudo na vida deve ter equilíbrio na ingestão, e a questão da fruta não foge a regra. Se você não consegue viver sem consumir uma fruta, então deve adequar essa ingestão em sua dieta. Procure comer as frutas após as principais refeições, como se fosse uma sobremesa: No café e almoço, evite consumi-las a noite. E NUNCA consuma fruta de estomago vazio, pois esse consumo elevará a insulina em seu organismo e irá gerar consequências semelhantes ao consumo de açúcar refinado.

Como curiosidade, as frutas com baixo IG são: maçã, ameixa fresca, pera e melão. As de maior IG são: abacaxi e melancia, banana, mamão, morango, kiwi, uva e laranja. O abacate, apesar de valor calórico muito elevado, é uma ótima fonte de "gordura boa", e se inserido na dieta com habilidade, resulta em ótimos resultados.

Veja abaixo um exemplo de como consumir frutas que o Nutricionista Rodolfo Peres publicou:

Como as frutas são alimentos fonte de carboidrato, devemos introduzi-la na dieta como tal. Sempre trabalho respeitando a janela de oportunidades, sendo que prefiro utilizar cerca de 20% da ingestão de carboidratos na refeição #1 (desjejum); 20% na refeição pré-treino e 20% na refeição pós treino. Uma sugestão seria o uso de uma fruta com moderado índice glicêmico complementando a refeição #1 (banana); uma fruta com baixo índice glicêmico na refeição pré-treino (maça, pera); e uma fruta com alto índice glicêmico complementando a refeição pós treino (melancia, abacaxi). Desta forma, teríamos os benefícios das frutas, mas com uma ingestão controlada dos carboidratos. Concluindo, os demais 40% da ingestão diária de carboidratos deveriam ser distribuídos uniformemente nas demais refeições. 

Novamente, não existe “receita de bolo” ou “regra” que valha para todos. Tudo irá depender de cada indivíduo em determinada etapa de sua rotina de treinamento. Para isto existem treinadores para periodizar o treinamento e nutricionistas para elaborar a melhor dieta para cada etapa.






9

9 comentários:

Marta Vaz disse...

Melhor mesmo é controlar a "oses" para um corpo saudável, todo excesso é prejudicial. Equilíbrio é viver bem! Amei o post! Beijos!

Kell disse...

alem da disciplina, em nao comer muito os oses*, creio que a atividade fisica eh um otimo controlador para uma vida saudavel...

Elza rocha cruz disse...

Parabéns pela postagem de grande utilidade, blog assim é otimo seguir pois ficamos sabendo de tudo desde moda, saúde,e muito mais muito obrigada

lenilda disse...

Adorei, obrigada pelas dicas como sempre vc na frente ajudando a todas

Bruna Correa disse...

Estou nessa. Já perdi 6.5 em menos de 3 meses. Feliz da vida! hahaha
Beijos

http://bruh-correa.blogspot.com.br/

Cris disse...

essa é uma boa ideia, a cada dia tenho tentando fazer isso...só me resta atividade física...hehe

monique margarida disse...

o dificil e eu controlar, pois adoro tudo que tem ose.

ana.paulasilveira disse...

nossa, bem interessante , exagero mesmo, adore as dicas!!! Vou ficar mais atenta, afinal, quem não quer perder uns quilinhos.
bjs flor

xanda xandaa disse...

a combinação da boa alimentação e exercicios e tudo viu!
o duro e ter disciplina..mas vamos que vamos!
bjssss

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...