Verdades e Mitos Sobre a Pele

Que mulher não sonha ter uma pele linda e saudável?  Quero compartilhar esta informação que pode ser útil para muitas de vocês. Vou falar um pouco sobre verdades e mitos para a beleza e saúde da sua pele.

                                                   
Nunca é demais lembrar: sol em excesso faz mal. No verão, os raios ultravioletas B, principal causador do câncer de pele, tornam-se mais intensos. Por isso, proteção é fundamental.
Mitos e verdades
Queimaduras solares freqüentes durante a vida predispõe ao câncer de pele.
Verdade. O sol em excesso causa alterações no DNA das células, aumentando o risco de desenvolver câncer de pele.

Mesmo não estando na praia, devo usar protetor solar
Verdade. Ele deve ser usado diariamente. O sol acelera o envelhecimento, pois causa uma desestruturação no colágeno da pele, substância responsável por manter a pele jovem.
Manchas e pintas na pele sempre tem relação com o sol
Em parte. É preciso fazer uma investigação em cada paciente. Depende da predisposição genética da pessoa ou até com alterações hormonais, como o uso de anticoncepcionais e a gravidez. Mas o sol tem uma contribuição importante para o surgimento de manchas. O sol sem proteção ativa a melanina da pele, o que acaba causando manchas e sardas.
Pele bronzeada é sinônimo de pele saudável
Mito. Ao contrário do que muitos pensam, a pele bronzeada está, na verdade, criando uma defesa. Com o sol em excesso, as células começam a produzir
mais melanina com o objetivo de proteger a pele.
Pessoas negras não precisam usar protetor solar
Mito. Apesar de a pele negra ser mais resistente – por ter uma quantidade maior de melanina – ninguém está livre do câncer de pele. Por isso o protetor deve ser usado sempre, e o fator mínimo de proteção é o 15.
O número do protetor solar tem relação com a cor da pele
Mito. Independente do tipo de pele, deve-se usar sempre protetor solar de no mínimo FPS 15 ou maior. FPS é a abreviação de fator de proteção solar, e significa que, usando um filtro com FPS 15, a pele levará 15 vezes mais tempo para ficar vermelha do que sem proteção. Peles claras e pessoas ruivas exigem maiores cuidados, pois são mais propensas ao câncer de pele. É importante lembrar que o protetor deve ser passado em quantidade generosa por todo o corpo 30 minutos antes da exposição solar.
Lâmpadas fluorescentes também fazem mal para a pele
Verdade. Esse tipo de luz também emite raios ultravioletas. Por isso, se a pessoa fica muito tempo em um ambiente com essa luz ou muito próxima, é recomendável usar o protetor solar.
Protetores físicos como bonés e guarda-sol substituem o protetor
Mito. Eles devem sim ser usados, mas como um complemento ao protetor solar. É ideal que o guarda-sol seja grosso para bloquear bem a passagem do sol.
Não podemos deixar de proteger as orelhas, os olhos e os lábios (há protetores específicos para essa região que não devem ser dispensados).
Bem meninas, espero que tenham gostado, sanado algumas dúvidas e que coloquem as dicas em prática.

Beijos e Sucesso!
Andreia Napoleão


2

2 comentários:

Danny Vieira disse...

Oii Andreia !
Dicas nunca é demais né verdade ?
Eu não sabia dessa da lâmpada fluorescente :s rs

Beijos
http://naondadosesmaltes.blogspot.com/

earthasimpson disse...

Adorei os conselhos.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...